CNPB INFORMA!

Acompanhe as novidades do Conselho Nacional de Pastores do Brasil

Aras pede, em sua manifestação, a imediata suspensão de decretos estaduais e municipais. Ele afirma que as atividades religiosas “visam a proteger a saúde mental e espiritual da população brasileira para o enfrentamento de momento tão grave da epidemia”.

unnamed (1).jpg
Sem Título-1.jpg

O Conselho Nacional de Pastores do Brasil entrou com ação no Supremo contra o decreto do governo de São Paulo, que proíbe a realização de cultos e atividades coletivas nas igrejas. O conselho pede que o STF avalie também a situação em outros regiões do país que proibiram atividades religiosas.